Robert De Niro criticou governo americano e fez discurso a favor da diversidade durante um festival

ADVN - O ator Robert De Niro foi homenageado durante o Marrakech Film Festival este fim de semana, em Marrocos.

Ele, que estava ao lado de seu amigo, o diretor Martin Scorsese, resolveu aproveitar a oportunidade para fazer um discurso a favor da diversidade e criticou o governo Trump, ainda que não tenha citado o nome do presidente.

“Infelizmente, em meu país, estamos em um período de grotesco nacionalismo. Não o tipo de nacionalismo em que celebramos a qualidade e diversidade de uma nação, mas um nacionalismo feito de ódio, xenofobia e arrogância usando a frase de que ‘A América vem em primeiro'” disse o ator.

Ele continuou: “Isso entra em contraste com que o temos aqui essa noite. A arte não respeita limites, e arte celebra a diversidade de ideias” disse o astro, que citou a possibilidade de interagir com filmes de mais de 29 países durante o festival como um exemplo de diversidade.

Ao final de seu discurso, tanto o ator, quanto Scorsese, foram aplaudidos pelo público. (Observatório do cinema)

                                        

                                                         Os livros mais vendidos no Amazon:
Os livros mais vendidos no Amazon:






Comentários