Celebridades poderosas apoiam Joe Biden para presidente.

Joe Biden e Kamala Harris ganharam o apoio de muitas celebridades poderosas, como Jennifer Lopez e Taylor Swift. Aqui está quem mais vai votar neles em 3 de novembro.

Com a aproximação do dia 3 de novembro, as celebridades estão saindo em massa para comemorar e endossar Joe Biden e Kamala Harris. Os indicados democratas para presidente e vice-presidente obtiveram o apoio de alguns dos maiores pesos-pesados do mundo do entretenimento, incluindo Jennifer Lopez, Taylor Swift, Hailey Baldwin e tantos outros. E, provavelmente, isso significa que muitos de seus fãs seguirão o exemplo quando se trata de votar no dia da eleição.

Aos 94 anos, o lendário comediante Mel Brooks nunca apareceu em um anúncio político. Mas, com a ajuda do filho Max Brooks e do neto Henry Brooks, Mel saiu em apoio a Biden no Twitter. “Atrás de mim, você vê meu filho e meu neto”, diz Mel no início do vídeo, apontando para sua família parada do lado de fora de sua porta com máscaras protetoras. “Eles não podem ficar comigo. Por quê? Por causa desse coronavírus! E Donald Trump não está fazendo absolutamente nada sobre isso. Muitas pessoas estão morrendo - e quando você está morto, não pode fazer muito! Então, estou votando em Joe Biden? Eu gosto do Joe. Por que gosto do Joe? Porque Joe gosta de fatos. Porque Joe gosta de ciência. Joe nos manterá em movimento. Ouça uma dica minha: vote no Joe. ”

Hailey, 23, é uma ativista política dedicada e passou 2020 incentivando seus fãs a se registrar para votar. A modelo, uma das faces da campanha de votação de Levi's, compartilhou uma mensagem especial em sua história no Instagram em 1º de outubro. Chamando esta eleição de “importante”, Hailey pediu: “Você pode pensar que seu voto conta ou importa, mas a razão pela qual estamos esta situação atual é porque as pessoas pensaram que seu voto não faria diferença ... ESTE É O MOMENTO DE FAZER A DIFERENÇA E MUDAR. POR FAVOR VOTE."

Taylor, 30, está tão animada com a eleição de Biden e Harris que fez biscoitos para comemorar. A cantora“Lover” optou por ficar calada durante a eleição de 2016 e não endossar nenhum dos candidatos. Mas em 2020, ela prometeu usar sua plataforma considerável para ser politicamente ativa. Ela disse em um comunicado à V Magazine em 29 de setembro, na noite da vice-eleição presidencial: “A mudança de que mais precisamos é eleger um presidente que reconheça que as pessoas de cor merecem se sentir seguras e representadas, que as mulheres merecem o direito de escolham o que acontece com seus corpos, e que a comunidade LGBTQIA + mereça ser reconhecida e incluída.

“Todos merecem um governo que leve a sério os riscos à saúde global e coloque a vida de seu povo em primeiro lugar”, ela continuou. “A única maneira de começar a melhorar as coisas é escolher líderes que estejam dispostos a enfrentar essas questões e encontrar maneiras de lidar com elas ... Vou votar com orgulho em Joe Biden e Kamala Harris nas eleições presidenciais deste ano. Sob a liderança deles, acredito que a América tem a chance de iniciar o processo de cura de que tanto precisa ”.

Billie Eilish, 18, está votando pela primeira vez para presidente em Biden. A cantora se apresentou na primeira noite da Convenção Nacional Democrata em agosto, também compartilhando uma mensagem com seus jovens fãs sobre a importância do voto. “Você não precisa que eu diga que as coisas estão uma bagunça”, disse Billie. “Donald Trump está destruindo nosso país e tudo com o que nos importamos.


Seja um parceiro do nosso Blog: Fale conosco.

Segue o "Águas da vida" no Facebook


O romance do ano:
Adelaide - A Duquesa

 

Comentários