Morre aos 88 anos Barbara Shelley : A rainha dos filmes de terror

ADVN - A lenda das telas de Hammer Horror, Barbara Shelley, foi pranteada hoje depois de morrer aos 88 anos - após uma vida inteira emocionando os espectadores que ainda enviaram cartas de fãs.

A atriz - que estrelou os filmes de terror Hammer dos anos 1950 e 1960 - atuou com outros ícones, incluindo Peter Cushing e Christopher Lee.

E seus créditos incluíram alguns dos filmes de terror mais conhecidos em The Gorgon, Dracula, Prince Of Darkness e Rasputin, Quatermass and The Pit, bem como Blood Of The Vampire e Village Of The Damned.

Shelley era uma das atrizes mais glamorosas dos estábulos do cinema, mas insistiu que 'ninguém disse que eu era bonita'.

Ela também apareceu no episódio de Doctor Who, Planet Of Fire, estrelado por Peter Davison como o quinto Doctor.

Seu agente, Thomas Bowington, disse: 'Ela realmente era a protagonista número um de Hammer e a rainha em tecnicolor de Hammer.

'Na tela, ela poderia ser silenciosamente má. Ela vai da beleza escultural para a selvageria animalesca.

'Ela era uma das favoritas regulares dos eventos do Hammer e shows de autógrafos, mas também se apresentava no palco com o RSC.

Ele acrescentou: 'Ela adorava Christopher Lee e Peter Cushing e adorava trabalhar com eles, isso era muito querido para ela.'

Bowington disse que Shelley esteve recentemente no hospital, onde pegou Covid-19, mas já se recuperou.

Ele disse: 'Não foi o Covid que a levou, ela tinha problemas ocultos.'

Nascida Barbra Kowin em 1932, Shelley também era conhecida por papéis na TV em séries como The Saint, The Avengers, The Borgias, Blake's 7 e Crown Court, e mais tarde interpretou Hester Samuels em EastEnders.

Em 2010, o escritor e ator Mark Gatiss entrevistou Shelley sobre sua carreira na Hammer Films para o documentário da BBC, A History Of Horror.

A produtora com sede em Londres, fundada em 1934, fez uma série de filmes de terror gótico de sucesso de meados dos anos 1950 até os anos 1970.

Muitos desses personagens clássicos do terror, como o Barão Victor Frankenstein, o Conde Drácula e a Múmia.

Em uma entrevista ao Express em 2009, ela disse que, em uma convenção de ficção científica, fãs femininas disseram que a amavam por seus papéis fortes.

Ela disse: 'O que eu achei uma coisa brilhante de se ter dito sobre um. Nunca pensei nisso dessa forma. O fato de que eu ainda estou recebendo e-mails da minha base de fãs de terror realmente me comove.

'Ninguém me disse que eu era bonita. Eles disseram que eu era fotogênica, mas ninguém disse que eu era bonita. Se eles tivessem, eu teria me divertido muito mais! '

Agencia Dailymail


Seja um parceiro do nosso Blog: Fale conosco.

Segue o "Águas da vida" no Facebook

Segue no Instagram: @aguasdavidanews


 

Comentários